300x250 AD TOP

Palavra do Pastor Presidente: Lessa Júnior

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Igreja do Relógio: ,

DIP - Dia da Igreja Perseguida na Igreja do Relógio


Domingo ( 31/05/2012) participamos de um culto especial em nossa Igreja Assembléia de Deus Central de Itaperuna - Ministério Madureira. Foi um culto atípico com uma tema missionário: DIP - "Domingo da Igreja Perseguida". No mundo hodierno existem aproximadamente 100 milhões de cristãos que sofrem algum tipo de Perseguição. Estatísticas apontam que a cada dia morrem no mundo 504 cristãos, isto equivale a dizer que a cada hora, surgem 23 mártires da fé e de 3 em 3 minutos um cristão no em algum lugar do mundo é torturado e assassinado por causa de sua fé em Cristo.



A coréia do Norte é o país que lidera a 7 anos consecutivos o ranking de países mais hostis ao cristianismo, e mesmo assim, ainda existem 400 mil servos do Senhor neste país se reunindo clandestinamente, alguns quando são pegos, são torturados até a morte e os poucos que conseguem sobreviver são levados para os campos de concentração para trabalharem 18 horas por dia como escravos recebendo uma única porção ao dia com algumas gramas de comida. Mesmo assim, apesar de todas as intempéries, este povo permanece fiel adorando a Deus em meio a fornalha da adversidade e o deserto da perseguição.






Porém, o mais triste desta história é saber que 97% da Igreja Evangélica brasileira desconhece a realidade destes servos do Senhor e acreditam que perseguição é coisa do passado. Pesquisam apontam que os crentes no Brasil gastam mais dinheiros por ano com coca-cola do que com missões, gastam mais dinheiro por ano com chocolate do que com missões, gastam mais dinheiro por ano com balas, doces e chicletes do que com missões. Precisamos nos despertar!!!!! Os homens que mais fizeram nesta terra foram os homens que mais pensaram no céu. Igreja, chegou a hora de envolvermos mais na obra de Deus. Deus conta contigo....


 

Estas informações são alguns dados que trouxemos a tona no culto de missões em nossa Igreja e por serem informações relevantes, acreditei que elas deveriam ser divulgadas para um público ainda maior.

Pastor Israel Trota via Facebook